logomarca

Doutrinas

imprimir tamanho da letra: A- normal A+

Doutrinas

 

 

Preexistência

O propósito deste capítulo é ensinar, à luz da Bíblia Sagrada, que os filhos de Deus já tiveram existência prévia.

 

Não estamos falando sobre reencarnação ou vida humana antes do útero materno, mas da preexistência do espírito como essência e verdadeira identidade dos filhos de Deus. Todos os filhos de Deus tiveram existência prévia e essa é a sua verdadeira essência: espiritual. O seu espírito foi criado por Deus antes do seu corpo e da sua alma. Você passou a existir com corpo no útero de sua mãe, mas antes, seu espírito já havia sido criado, portanto, você já existia e estava com o Pai.

 

4 assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor
5 nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade,
6 para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado,
Efésios 1:4-6

 

Predestinação e Eleição

Fundamento básico do cristianismo, a predestinação ou a eleição é a escolha, da parte de Deus, de pessoas que a Bíblia chama de “um povo”, que Deus chama de os “meus eleitos e escolhidos”, para viverem a vida eterna e, aqui na terra, desfrutarem das promessas do Senhor. É a escolha da parte de Deus por sua vontade e soberania absoluta.

 

Na Bíblia encontramos as palavras predestinação e eleição em dois contextos. Predestinação quando se refere ao indivíduo ou quando se refere aos gentios (pessoas que não são judias).

A palavra eleição é comumente usada para se referir ao povo judeu, ao povo eleito que tem uma história como nação, mas também pode se referir a um escolhido de Deus, entre o povo.

 

29 Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
30 E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.
Romanos 8:29 e 30

 

A Falsidade do Livre-Arbítrio
Deus jamais colocaria a possibilidade de salvação, de onde passaríamos a eternidade, em nossas mãos para escolhermos. O livre-arbítrio é uma altivez, é uma mentira que tem roubado a soberania e a glória de Deus, transferindo-as para o homem. Nós negamos e rechaçamos o livre-arbítrio, e damos glória a Deus por nossa predestinação.

Dizer que é o homem que escolhe a Deus é um pecado contra a soberania de Deus, é um sofisma. Quando você recebe Cristo como Senhor e Salvador, não é porque você o escolheu, mas porque Ele escolheu você. Deus nos escolheu e nos elegeu. Somos salvos por sua vontade, para sempre.

16 Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.
 João 15:16

Rudimentos de Obras Mortas

A Igreja atual está baseada em ordenanças e em obras rudimentares que a tem impedido de chegar à perfeição. Estas ordenanças têm sido motivo de conflitos e de múltiplas divisões através da história da Igreja; tudo isto tem ocorrido por falta de conhecimento.

O velho sistema ou as velhas regras, a chamada tradição religiosa, estabeleceu ensinamentos torcidos que transformaram a pregação das boas novas num catecismo de medo.

O propósito deste estudo é levar o povo de Deus ao conhecimento, para que sejam pessoas livres e confiantes. Toda a tradição religiosa é enferma e impede o progresso e o crescimento dos cristãos.

O que nós temos que fazer como trabalho da última reforma protestante é dizer ao povo de Deus que não temos mais que seguir o Cristo nos dias da sua carne. Jesus aqui na terra passou por todos os tipos de sofrimento para cumprir a lei mosaica, para que nós não precisássemos fazer isso. Nós sabemos que o Jesus de hoje está vivo e não é o Jesus nos dias da sua carne. Hoje, Ele é o ressuscitado. Ele cumpriu e pôs fim à lei e estabeleceu a graça!

Por isso, pondo de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus, 
Hebreus 6:1

A carne e o Espírito

A carne e o espírito são as duas naturezas que existem nos crentes: a natureza carnal e a natureza espiritual. Só a palavra da Graça pode cortar e separar estas duas naturezas, para que o crente possa identificar o pecado no seu corpo e a perfeição no seu espírito.

O pecado no seu corpo não pode manchar a sua nova criação, mas lhe traz consequências. Você é renascido de semente incorruptível, e, por causa desta semente divina, não pode viver pecando. Você é um vencedor, inclusive sobre sua própria carne!

17 Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer.
Gálatas 5:17

 

Salvação Eterna

Pregar que a salvação se perde é tirar a autoridade de Deus e o valor do sacrifício de Cristo, para colocar nas obras do homem, no que ele faz ou deixa de fazer para ser salvo.

Alguns homens querem manter em suas mãos a determinação da salvação, o que é antibíblico, e dessa forma manipular os que não têm entendimento.

Quando entendemos que somos filhos de Deus, sabemos que uma vez filhos, filhos para sempre. Sabemos que Deus jamais deixaria um filho no inferno ou nos chamaria de filhos pra depois nos rejeitar. Nós temos segurança na nossa salvação.

Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.
João 5:24

A Deidade de Cristo

O Deus que estava no trono se fez carne, habitou entre nós, cheio de graça e de sabedoria, foi exposto, foi pregado, foi revelado aos gentios, foi servido por anjos, foi sacrificado, morreu numa cruz, foi ao túmulo, ressuscitou ao terceiro dia e voltou para o trono, porque só existe um Deus.

Deus  se manifestou como Pai, como Filho para remissão dos nossos pecados, e hoje se manifesta e atua como Espírito Santo.

1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.

João 1:1

14 E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.
João 1:14

 

 

Deixe seu comentário
Sem comentários cadastrados.

Parceiros

Igreja Evangélica Cristo Vive SEDE INTERNACIONAL CRISTO VIVE PA CRISTO VIVE PA Bispos  Marcos e Alessandra Ton CRISTO VIVE PA bispo SP CRISTO VIVE PA CRISTO VIVE PA